Artista de A – Z: Bezinho Kambiwá

Inspirado no avô e no pai, Manoel Bezerra da Silva, de 55 anos, mais conhecido como Mestre Bezinho Kambiwá, deu seus primeiros passos no artesanato aos 15, quando confeccionava bijuterias. O trabalho foi dando certo e, em um curto espaço de tempo, ele passou a observar com mais apreço o trabalho realizado na madeira pelo seu avô Joaquim, e começou a produzir pequenas peças.

O aperfeiçoamento chegou com o tempo e também com a prática. Bezinho, que mora no município de Ibimirim, no Sertão pernambucano, investiu tempo e amor em suas produções artesanais na madeira. “A primeira peça que eu vendi, o pessoal começou a admirar; e isso gerava uma renda, então eu vi que poderia dar continuidade, pra que mais tarde eu pudesse ser reconhecido”.

O mestre já ensinou suas técnicas a vários jovens da comunidade Kambiwá, localizada entre os municípios de Ibimirim, Inajá e Floresta. “Alguns desistiram, outros continuaram, mas hoje tem uns três artesãos aqui que continuam repassando as dicas que eu dei pra eles”.

Conhecido por esculpir santos de madeira e outras peças religiosas, Bezinho também produz animais, como corujas e tatu bola. Hoje, o sonho do mestre é que outros artistas deem continuidade ao seu trabalho. “Quero muito que amanhã outras pessoas estejam na Alameda dos Mestres representando a nossa comunidade, porque pra mim é um sonho realizado estar na equipe de mestres de Pernambuco. É um orgulho”.

Bezinho Kambiwá integra a Alameda dos Mestres da Fenearte desde 2015.

CONTATO 

Baixa da Alexandria, s/n, BR 110 – Ibimirim/PE

(87) 98844.0501 l manoelkambiwa@gmail.com

Texto: Yasmim Dicastro l Fotos e vídeo: César de Almeida

                  

Fonte: http://www.artesanatodepernambuco.pe.gov.br

2018-09-10T10:15:41+00:00 setembro 10th, 2018|Artistas de A a Z, B|0 Comentários

Sobre o Autor:

Deixar Um Comentário