Artista de A – Z: Paulo Izidório

Img 0644.profileO que era apenas passatempo virou profissão na vida de Paulo Izidório da Silva, de 71 anos. Nascido no Sertão de Ouricuri, o mestre foi para Petrolina em busca de emprego e por lá ficou. Sua história no artesanato começou ainda na infância, quando ele ajudava sua mãe na confecção de potes e panelas de barro.

“Eu trabalhava com minha mãe, mas considerava aquilo tudo uma brincadeira. Depois de um tempo comecei a fazer uns animais de barro, e fui me aprimorando”. Após o incentivo de um colega do trabalho, Paulo mudou a tipologia das suas criações e passou a trabalhar com madeira. “Lembro que na época ele (amigo do trabalho) me chamou pra tirar madeira no mato e pediu que eu fizesse um banco de gamela”.

O trabalho foi executado com sucesso e o mestre não parou mais de produzir bancos em formato de animais. Hoje, Paulo faz os assentos em madeira dos mais diversos bichos, como onça, jacaré, leão, bode, tatu, tartaruga, jegue, cavalo e qualquer outro tipo que o cliente pedir.

Integrante da Alameda dos Mestres da Feira Nacional de Negócios do Artesanato (Fenearte) desde 2016, o mestre afirma que a inspiração é algo que vem de “dentro”. “Quando a gente começa a trabalhar com algo que a gente ama, isso fica gravado na nossa memória. Posso passar dez dias sem fazer uma peça, mas quando eu for fazer eu consigo deixar ela do mesmo jeito. A arte é uma riqueza pra minha vida, e enquanto eu for vivo ela nunca vai sair de mim”.

CONTATO

Rua nove, 10, Terra do Sul – Petrolina

(87) 99998.0181 l 98842.6523

Texto: Yasmim Dicastro l Fotos e vídeo: César de Almeida

 

Fonte: http://www.artesanatodepernambuco.pe.gov.br

2018-09-29T11:05:23+00:00 outubro 22nd, 2018|Artistas de A a Z, P|0 Comentários

Sobre o Autor:

Deixar Um Comentário