“Bacurau”, “A Serpente” e “O Verde Está do Outro Lado” seguem em cartaz no São Luiz

Os três longas metragens em cartaz até o dia 4 de setembro estrearam na semana passada e comandam a agenda dos próximos sete dias

 

Divulgação

Bacurau domina a programação desta semana no Cinema São Luiz

 

A agenda do Cinema São Luiz, equipamento cultural gerenciado pela Secult-PE/Fundarpe, segue esta semana com “Baruaru”, “A Serpente” e “O Verde Está do Outro Lado”. Os três longas metragens estrearam na semana passada, quando a sala foi palco de exibições aguardadas, e agora dominam sozinhos a programação que segue de 29 de agosto a 4 de setembro.

Destacado com o Prêmio do Júri no Festival de Cannes (que só perde para a Palma de Ouro em importância), além de outras mostras importantes pelo mundo, e estrelado por Sônia Braga, “Bacurau” integra a programação normal após o enorme sucesso de sua pré-estreia, no último sábado (24/8). O filme dirigido pelos pernambucanos Kleber Mendonça Filho e Juliano Dornelles segue recebendo ótimas críticas e atraindo muitos espectadores para as salas de cinema nacionais e internacionais.

 

Divulgação

Matheus Nachtergaele e Lucélia Santos estrelam A Serpente

 

“A Serpente”, com Matheus Nachtergaele e dirigido pelo pernambucano Jura Capela, foi filmado em preto e branco e é inspirado na obra homônima de Nelson Rodrigues. Esta foi a primeira peça escrita pelo dramaturgo, mas a última a ser publicada. É dividida em dez atos, formato pensado como homenagem do cinema ao teatro.

 

Divulgação

Documentário trata da privatização da água no Chile

 

Único documentário da programação semanal, “O Verde Está do Outro Lado” é dirigido por Daniel Rubio e trata sobre a política da água no Chile, onde o recurso é privatizado desde a década de 1980. O filme propõe um paralelo entre os dois países, no que diz respeito ao tema, considerando duas cidades: a Província de Petorca, distante 200 quilômetros de Santiago, e Correntina, localizada no oeste da Bahia.

Com som e projeção digitais, o São Luiz é o cinema de rua mais moderno de Pernambuco. Os ingressos custam R$ 10 (inteira) e R$ 5 (meia-entrada). Às terças-feiras, os valores caem para R$ 6 (inteira) e R$ 3 (meia-entrada), respectivamente. Não há exibições às segundas-feiras. Confira abaixo a programação completa:

 

SEMANA DE 29 DE AGOSTO A 4 DE SETEMBRO

 

 

BACURAU
(Brasil, 2019, 131 minutos)
Gênero: Drama/Ficção Científica/Mistério | Direção: Kleber Mendonça Filho e Juliano Dornelles | Elenco: Sonia Braga, Barbara Colen, Silvério Pereira, Udo Kier
Classificação Etária: 16 anos
Sinopse: Pouco após a morte de dona Carmelita, aos 94 anos, os moradores de um pequeno povoado localizado no sertão brasileiro, chamado Bacurau, descobrem que a comunidade não consta mais em qualquer mapa. Aos poucos, percebem algo estranho na região: enquanto drones passeiam pelos céus, estrangeiros chegam à cidade pela primeira vez. Quando carros se tornam vítimas de tiros e cadáveres começam a aparecer, Teresa (Bárbara Colen), Domingas (Sônia Braga), Acácio (Thomas Aquino), Plínio (Wilson Rabelo), Lunga (Silvero Pereira) e outros habitantes chegam à conclusão de que estão sendo atacados. Falta identificar o inimigo e criar coletivamente um meio de defesa.
Dias e horários: quinta-feira (29/8): 15h30 e 19h30 | sexta-feira (30/8): 17h e 19h30 | sábado (31/8): 15h30 e 19h30 | domingo (1/9): 10h30, 15h30 e 19h30 | terça-feira (2/9): 15h30 e 19h30 | quarta-feira (4/9): 15h30 e 19h30.

 

 

O VERDE ESTÁ DO OUTRO LADO
(Brasil/Chile, 2019, 71 minutos)
Gênero: Documentário | Direção: Daniel A. Rubio
Classificação Etária: 10 anos
Sinopse: Desde 1980, a gestão da água foi privatizada em todo o Chile, levando pequenos agricultores à ruína e debilitando milhares de famílias. O congresso chileno concorda com a necessidade de mudar as leis, mas encontra dificuldade para combater a grande influência de grandes empresas da agricultura e mineração. Um retrato sobre a realidade e consequências do modelo econômico implantado há quase 40 anos.
Dias e horários: quinta-feira (29/8): 18h | sábado (30/8): 18h | terça-feira (3/9): 14h | quarta-feira (4/9): 18h.

 

 

A SERPENTE
(Brasil, 2019, 73 minutos)
Gênero: Drama | Direção: Jura Capela | Elenco: Lucélia Santos, Matheus Nachtergaele, Sílvio Restiffe e Cellia Nascimento
Classificação Etária: 16 anos
Sinopse: Lígia e Guida (ambas interpretadas por Lucélia Santos) são duas irmãs que vivem na mesma casa. Quando a doce Lígia enfim se casa com Décio (Sílvio Restiffe), ela espera ser deflorada na noite de núpcias, mas o homem é impotente. Mais tarde, ele a troca por uma lavadeira. Sentindo-se rejeitada, a recém-casada tenta o suicídio, mas é resgatada no último momento por Guida. A partir deste momento, a irmã virgem cede aos flertes do cunhado Paulo (Matheus Nachtergaele) e faz sexo com ele. Quando Guida descobre a traição em sua própria cama, a família entra em crise. Uma cova é cavada do lado de fora da casa, e fica claro que alguém precisa morrer.
Dias e horários:  sexta-feira (30/8): 15h30 | domingo (1/9): 18h | terça-feira (3/9): 18h | quarta-feira (4/9): 14h.

Fonte:
http://www.cultura.pe.gov.br/canal/audiovisual/programacao-do-cinema-sao-luiz-segue-esta-semana-com-bacurau-a-serpente-e-o-verde-esta-do-outro-lado/
Programação:
André Silva
2019-08-31T09:57:32+00:00 agosto 31st, 2019|Vitrine|0 Comentários

Sobre o Autor:

Deixar Um Comentário