EREM Mota Silveira celebra cultura popular

Sob a coordenação da professora de Sociologia Mercês Pedrôso, a   EREM Dr. Mota Silveira realizou no último dia 14 o projeto denominado Resgatando a Identidade Cultural. A ideia teve como objetivo transmitir aos estudantes daquele estabelecimento educacional os vários aspectos da cultura popular produzidos em Bom Jardim, contemplando as artes populares de modo geral, tais como folclore, artesanato, literatura, música, dança e gastronomia, sem esquecer a religiosidade praticada por adeptos dos vários credos religiosos em ação no município. O projeto foi desenvolvido em várias etapas, podendo ser destacadas, entre outras, as seguintes: “registrar lembranças e vivências ainda presentes na memória dos bonjardinenses; desenvolver ações em sala de aula que favoreceram o reconhecimento da cultura local; celebrar nossa cultura da ‘mostra’, como forma de expressão máxima, onde cada grupo executou uma ação envolvida na pesquisa e na prática; formar um cidadão  capaz de conhecer primeiramente sua cultura para depois explorar as demais, identificando-se nessa diversidade, baseado no respeito e na tolerância a qualquer forma de expressão cultural…” Coube aos alunos a produção de entrevistas em vídeo e áudio com personalidades atuantes em solo bonjardinense. No tocante à religião, foram entrevistados o padre Severino Fernandes, da Paróquia de Sant’Ana; o pastor Eri, da Igreja Batista; Dona Lêda, do Centro Espírita Sérgio Lourenço, bem como outros representantes de igrejas evangélicas locais. No campo artístico, as entrevistas enfocaram o escultor Marcos do Artesanato, o artista plástico Sandro Rock, o poeta Doddo Félix, a professora de ballet Glaucione Lopes, os cantores Dody dos Teclados e Ademir Galeno, o músico Cláudio Barros (In memoriam), e as chefes em gastronomia Rosângela e Maria (Restaurante Dama de Ouro). Integraram ainda o elenco acima, os animadores culturais, Prof. Edgar Santos (ex-Secretário Municipal de Cultura) e José Célio (diretor da Rádio Cult FM). O evento cultural realizou-se na área coberta da escola, em duas etapas (turnos da manhã e tarde), e contou com o total apoio da direção, professores, alunos e funcionários. A parte musical ficou a cargo dos músicos-colaboradores Mac Sedícias e Marcelino Gouveia de Barros. Digna dos maiores aplausos a brilhante iniciativa da professora Mercês Pedrôso e do EREM Dr. Mota Silveira. Seria de grande relevância que a ideia tivesse continuidade, com a realização de novas edições, inclusive abrangendo outras áreas do conhecimento humano, para engrandecimento dessa instituição educacional e dos bonjardinenses como um todo. BOM JARDIM AGRADECE!

 

 

Matéria: Doddo Félix

Fotos: EREM Dr. Mota Silveira

 

 

2018-11-28T11:04:24+00:00 novembro 28th, 2018|Vitrine|0 Comentários

Sobre o Autor:

Deixar Um Comentário