MESTRA DONA NENÉM

Img 8787.profile

Mestra Dona Neném

Aos 72 anos de idade, Maria Edilausir Pereira, a Dona Neném, vive às voltas com bonecas de pano e faz delas instrumento lúdico de educação cidadã. Nasceu na cidade de Salgueiro, Sertão Central de Pernambuco, no dia 22 de abril de 1945. Criada em Araripina (Sertão do Araripe), teve uma infância difícil, marcada por maus-tratos provocados pela madrasta. Aos 24 anos, tentou a sorte de uma vida melhor mudando-se para Recife. Foi trabalhadora doméstica, comerciante, entre outras ocupações, até conhecer, em 1988, a jornalista Denise Arcoverde, do Grupo Origem, entidade civil de incentivo ao aleitamento materno, que iniciava um trabalho de orientação junto às mulheres da Vila dos Milagres, no bairro do Ibura.

As bonecas artesanais entraram na vida de Dona Neném de forma definitiva- apesar da artesã nunca ter brincado com uma quando criança. Antes delas, suas habilidades de costureira limitavam-se a algumas peças de cama e mesa. Hoje, mestra bonequeira e do corte e recorte, tece com linha, agulha e sensibilidade, bruxinhas de feira, bonecas grávidas (que simulam o parto normal e o aleitamento), seus companheiros, negas malucas, chapeuzinhos vermelhos, entre tantas outras, assegurando longevidade à tradição. Com o Grupo Origem, e em parcerias com a Casa da Mulher do Nordeste e a Secretaria da Mulher de Pernambuco, Dona Neném levou sua criação e viajou pelo Brasil. 

Da varanda de sua casa e usando uma antiga máquina de costura, , monta as bonecas, multicoloridas, feitas com sobras de tecidos (chita, renda, linho , malha de algodão) e com acabamento cuidadoso. “Às vezes mal sinto o tempo passar. As bonecas são importantes em minha vida. Além de fonte de renda e de terapia, me dão grande satisfação porque sei que carregam alegria”, atesta a Dona Neném, que integra a galeria dos mestres do artesanato pernambucano desde 2016.

Texto: Rozziane Fernandes

Fotos e vídeo: César de Almeida

2018-09-25T10:29:08+00:00 julho 10th, 2018|Artistas de A a Z, N|0 Comentários

Sobre o Autor:

Deixar Um Comentário